Turismo Acessível tem 228 mil acessos em menos um mês

Compartilhar Artigo

Ferramenta elaborada pelo Ministério do Turismo permite ao turista com deficiência ou não cadastrar e avaliar estabelecimentos e atrações turísticas de acordo com seu nível de acessibilidade.

O site “Guia Turismo Acessível”, do Ministério do Turismo, obteve mais de 228 mil acessos em menos de um mês, o que representa cerca de 10 mil visitas ao dia, entre os dias 3 até 24 de junho. A ferramenta colaborativa permite ao turista, com deficiência ou não, avaliar estabelecimentos de acordo com o seu nível de acessibilidade. O objetivo é reunir na internet informações relevantes sobre as atrações turísticas, baseadas na vivência dos usuários.

Até o momento, 734 usuários realizaram registro no site, dos quais 32% selecionaram algum tipo de deficiência. Entre as avaliações já realizadas, 57% foram feitas sob a perspectiva física ou motora, 23% auditiva e 20% mobilidade reduzida. Novos cadastros de estabelecimentos também foram realizados, sendo 35% na categoria “Museus e Atrativos Históricos”. No lançamento do site, no início do mês, mais de 530 mil estabelecimentos já estavam cadastrados.

Conforme um relatório das três primeiras semanas do Guia Turismo Acessível, 60% dos usuários acessaram o site diretamente, sem site intermediário, e o maior acesso foi pela região Sudeste, o equivalente a 23%. Merece destaque a página com informações sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, sendo a maior visualização após a página inicial (Home) e o maior tempo de permanência.

O site é uma parceria do Ministério do Turismo com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) e da Embratur. O guia traz, ainda, legislações, normas e cartilhas com dicas de como se adaptar e bem receber a pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida.

A plataforma deve se tornar um guia de referência para o usuário e prestadores de serviço turístico, como hotéis e restaurantes que investem em ações de inclusão social. O Brasil possui cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa cerca de 23% da população brasileira, segundo o IBGE.

Artigos Relacionados

Bares

MTE integra CNTur na CONAETI

MTE empossa novos membros da CONAETI e lança Manual de Perguntas e Respostas sobre Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador No Dia Nacional de