Deslocamentos aéreos impulsionam o turismo na Copa

Compartilhar Artigo

De acordo com levantamento preliminar feito pela Secretaria de Aviação Civil, o avião tem sido o principal meio de transporte do turista da Copa. Especialmente pelas grandes dimensões territoriais do país, boa parte dos viajantes optaram pelos deslocamentos aéreos: desde o início do Mundial, mais de 10 milhões de passageiros passaram pelos 20 principais aeroportos do país.

Entre as capitais mais visitadas estão Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. No entanto, destinos próximos às cidades que sediaram os jogos também tiveram impacto positivo. É o caso de Morro de São Paulo (BA), visitado por mais de seis mil pessoas em menos de um mês, especialmente alemães, holandeses, espanhóis, argentinos, americanos e até costa-riquenhos. A procura por meios de hospedagem também aumentou em 50%, segundo dados da secretaria de turismo local.

A cidade de Santa Cruz Cabrália (BA), escolhida para receber o centro de treinamento da seleção da Alemanha, também está sendo bastante visitada. O município tem forte herança portuguesa, com belas praias e vocação para o ecoturismo, turismo rural e religioso.A taxa de ocupação dos hotéis atingiu 85%.

Os bons resultados do setor já foram verificados durante a Copa das Confederações, em 2013, quando mais de 70% dos turistas estrangeiros entrevistados afirmaram a intenção de voltar ao país este ano, para a Copa do Mundo.

Artigos Relacionados

Bares

MTE integra CNTur na CONAETI

MTE empossa novos membros da CONAETI e lança Manual de Perguntas e Respostas sobre Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador No Dia Nacional de