CNTur debate no Senado Federal os Impactos Econômicos e o Legado dos Megaeventos para o Turismo Brasileiro

Compartilhar Artigo

O presidente da CNTur, Nelson de Abreu Pinto, participou, dia 12 de junho de 2013, da mesa de debates da Audiência Pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, para discutir o tema “Impactos Econômicos e o Legado dos Megaeventos para o Turismo Brasileiro”, onde defendeu políticas públicas para desonerar os setores e incentivar a classe empresarial para o Bem Receber Copa, com a implantação da infraestrutura que se espera do Governo Federal, cujo esforço tem sido reconhecido.

Presidida pelo senador Antônio Carlos Valadares, participaram dos debates o presidente da ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis; Márcio Santiago de Oliveira, presidente da FC&VB-DP, representando a Confederação Nacional dos Conventions e Visitors Bureau, Ricardo Amaral, presidente da ABREMAR – Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, Eduardo Sanovicz, presidente da ABREAR– Confederação Brasileira das Empresas Aéreas e o presidente da CNTur – Confederação Nacional do Turismo.

A Audiência Pública foi requerida pela senadora Lídice da Mata, para se debater os megaeventos como a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude Católica, este ano, a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e as Olimpíadas de 2016 e seus reflexos na economia e no turismo brasileiro.
Os debates resultaram no levantamento dos principais gargalos que podem dificultar o sucesso desses eventos, sendo que os representantes de cada uma das áreas envolvidas deram depoimentos mostrando as dificuldades de seus respectivos setores de atuação, indicando reivindicações e sugestões para sanar tais deficiências. Mas todos acreditam que o Brasil fará bonito na recepção desses megaeventos que consolidarão a imagem turística positiva do país no exterior.

Artigos Relacionados

Bares

MTE integra CNTur na CONAETI

MTE empossa novos membros da CONAETI e lança Manual de Perguntas e Respostas sobre Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador No Dia Nacional de